O Cone do Aprendizado

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

O processo de aprendizagem sempre foi um mistério. Muitos tentaram definí-lo. Não há dúvida que existe uma forte correlação entre Aprendizagem, Conhecimento e Inteligência. Esta interdependência faz com que essas três variáveis caminhem juntas, uma não existe sem a outra. Suas próprias definições acabam sendo recursivas, deixando clara esta relação recíproca.

Tentando desvendar o segredo do aprendizado, o educador Edgar Dale propôs o Cone do Aprendizado. É um gráfico que mostra que quanto mais atitudes ativas tivermos em relação a um conhecimento, seja ele novo ou não, mais facilmente ele será absorvido pela mente.

A exposição da mente frente ao caos (novo conhecimento) e o futuro enfrentamento disto, nos leva a assimilar este conhecimento ou, em outro caso, a reestruturar nossas estruturas cognitivas para que possamos absorver tal conhecimento. Uma vez absorvido, a quantidade de atitudes ativas sobre tal conhecimento determinará quão presente na mente ele estará.

Confúcio (551 a.C. - 479 a.C.) já dizia: "Eu vejo e eu esquecerei, eu ouço e eu lembrarei, eu faço e eu entenderei". Isto pode ser representado graficamente pelo diagrama criado por Edgar Dale:

Se deseja que um conhecimento não se dissolva na mente, tenha atitudes ativas sobre ele, faça ele acontecer.

Compare Preços de: Celular, DVD, câmera digital, livros no JáCotei.

0 comentários: