Sociedade dos Poetas Mortos

sábado, 9 de fevereiro de 2013


O filme, um drama lançado em 1989, conta a história vivida em uma escola preparatória para jovens, a Academia Welton, onde o ex aluno e professor John Keating (Robin Williams) se utiliza de métodos nada convencionais para ministrar aulas de literatura, contrastando com a predominância dos valores tradicionais e conservadores mantidos pela escola, ficando mais evidente quando Keating fala sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos".

Keating inspira os seus alunos a perseguir as suas paixões individuais e tornar as suas vidas extraordinárias, expondo aos jovens a necessidade de serem livres pensadores.

O filme é recheado de citações de grandes nomes da literatura e deixa uma profunda mensagem sintetizada na expressão latina "Carpe diem". Mas essa máxima contrasta com os padrões da época, invocando sentimentos nem sempre saudáveis nos jovens, principalmente na vida do estudante Neil (Robert Sean Leonard).

Curiosidade: A frase "Carpe diem. Aproveite o dia, meninos. Façam suas vidas extraordinárias", foi eleita a 95ª entre as 100 frases do cinema mais citadas, segundo o American Film Institute.

0 comentários: