Turismo Macabro

terça-feira, 16 de julho de 2019

David participa de um festival vudu no Benim, visita uma perigosa área de Joanesburgo e conversa com brancos separatistas sul-africanos.

Os capacetes brancos

Eles buscam por sobreviventes no meio dos escombros mesmo com as bombas caindo. Esses homens são verdadeiros heróis.

Virunga

Caçadores, rebeldes, mineradoras... Os gorilas da montanha têm muitos inimigos e apenas a guarda florestal como aliada.

Sapiens: A Brief History of Humankind

One hundred thousand years ago, at least six human species inhabited the earth. Today there is just one. Us. Homo sapiens. How did our species succeed in the battle for dominance? Why did our foraging ancestors come together to create cities and kingdoms? How did we come to believe in gods, nations, and human rights; to trust money, books, and laws; and to be enslaved by bureaucracy, time tables, and consumerism? And what will our world be like in the millennia to come?

In Sapiens, Professor Yuval Noah Harari spans the whole of human history, from the very first humans to walk the earth to the radical – and sometimes devastating – breakthroughs of the Cognitive, Agricultural, and Scientific Revolutions. Drawing on insights from biology, anthropology, paleontology, and economics, and incorporating full-color illustrations throughout the text, he explores how the currents of history have shaped our human societies, the animals and plants around us, and even our personalities. Have we become happier as history has unfolded? Can we even free our behavior from the legacy of our ancestors? And what, if anything, can we do to influence the course of the centuries to come?

Bold, wide-ranging, and provocative, Sapiens integrates history and science to challenge everything we thought we knew about being human: our thoughts, our actions, our heritage … and our future.

Mary Shelley

domingo, 28 de abril de 2019

Este filme sem dúvida entrou para a lista de "must watch"! Mary Shelley conta parte da história da vida de Mary Wollstonecraft Godwin, jovem que usou suas próprias experiências para escrever seu livro de maior sucesso: Frankenstein.

A história por si só é fascinante, e também se torna um resumo da história à época, com a participação de nomes que por si só já dariam outros filmes!

Recomendado!

O menino que descobriu o vento

sexta-feira, 22 de março de 2019

Inspirado por um livro de ciências, um garoto constrói uma turbina eólica para salvar seu vilarejo da fome. Baseado em uma história real.

Fonte: Netflix

Sem Perdão

Tentando se endireitar, um homem de negócios recém-saído da prisão é forçado a orquestrar um crime audacioso para que sua família não corra perigo.

Fonte: Netflix

The Discovery

sábado, 9 de março de 2019

Após comprovar cientificamente a existência de vida depois da morte, um cientista vê sua descoberta liberar um verdadeiro caos em meio a população, causando uma onda de suicídios. Em meio a este turbilhão, seu filho se apaixona por uma mulher que tem um passado marcado por eventos trágicos.

Fonte: AdoroCinema

Shimmer Lake

Contado de trás para frente, esse suspense de humor negro acompanha um xerife na caçada a três suspeitos de assaltar um banco, sendo que um deles é seu irmão.

Tower

No dia primeiro de agosto de 1966 um atirador subiu no topo do prédio da Universidade do Texas e abriu fogo contra o local, deixando o campus refém por 96 minutos. Combinando imagens de arquivo e animação, o documentário revela histórias não contadas de testemunhas, heróis e sobreviventes do primeiro tiroteio em massa em uma escola norte-americana.

Fonte: AdoroCinema

A Travessia (The Walk)

A história real do equilibrista Philippe Petit (Joseph Gordon-Levitt), famoso por atravessar as Torres Gêmeas usando apenas um cabo. Mesmo sem ter autorização legal para a arriscada aventura, ele reuniu um grupo de assistentes internacionais e contou com a ajuda de um mentor para bolar o plano, que sofreu diversos obstáculos poder ser finalmente executado. A travessia ocorreu na ilegalidade em 7 de agosto de 1974 e ganhou destaque no mundo inteiro.

Fonte: AdoroCinema

Ele foi, mas quem perdeu foi o mundo

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

A vida me ensinou a admirar pessoas, e as pessoas admiradas me ensinaram muito sobre a vida.

Ontem, dia 11 de fevereiro de 2019, perdi uma das minhas referências, Ricardo Eugênio Boechat.

Para ele eu era somente mais um "ouvinte", mas para mim ele era uma fonte de inspiração.

Pode parecer maluquice, mas eu fazia minha agenda na parte da manhã (acordar, café da manhã, academia) de forma que estivesse em casa às 7h30 da manhã com o rádio ligado para ouvir o que ele tinha para dizer... Incontáveis vezes anotei coisas que ele falou para poder ler mais sobre ou refletir sobre a profundidade do assunto.

Perdemos um mente brilhante, coisa rara hoje em dia. Ele foi, mas quem perdeu foi o mundo. Descanse em paz professor...

13/07/1952 - 11/02/2019